Alternativas aos Fumos Dunhill

Dunhill_matches

Qualquer cachimbeiro que se preze já ouviu a notícia que os Tabacos Dunhill deixaram de ser produzidos.

Desta maneira, Eu,  junto com alguns confrades elaboramos uma lista com os possíveis tabacos alternativos a cada um dos blends da Dunhill. Segue nossa lista:

Dunhill My Mixture 965 → Cornell & Diehl Orient Express

My Mixture 965 foi a mistura mais popular das Dunhill. Uma mistura de estilo escocês de força média de Latakia, orientais da Macedônia e Brown Cavendish. Ele foi originalmente misturado para um cavalheiro com o nome de E. A. Baxter e  rapidamente se tornou o favorito de muitos fumantes britânicos. A mistura que eu, junto com alguns confrades acharam a substituição mais satisfatória para essa mistura lendária é o Orient Express da Cornell & Diehl.

003-016-0280.9034

O Orient Express é uma mistura inglesa de corte solto composta de Latakia, Orientais, Cavendish, Virgínia e uma pequena dose de Perique.  Há uma riqueza no Orient Express e uma doçura natural que sempre associei ao My Mixture 965. Com notas gerais de turfa, especiarias e nozes, os fumantes enlutados pela morte do 965 devem considerar a amostragem do Orient Express.

banner-blogs

Dunhill Nightcap → Cornell & Diehl Blackpoint

Outro fumo muito popular no catálogo de Dunhill é o Nightcap. Uma mistura inglesa baseada em Latakia com Orientais, Virginias e Perique, projetada para ser apreciada nas horas tardias. Este era o fumo da Dunhill preferido dos amantes de Latakia, com seu sabor completo, corpo pesado e força extra do Perique. Para substituí-lo, acredito que os fãs de Nightcap devam levar o G.L. Pease Blackpoint.

003-029-0028.3708

Construído sobre uma base de Latakia, o Blackpoint é um blend que contém todos os mesmos ingredientes do Nightcap: os doces Virgínias, os orientais apimentados e o Perique. O que eu pessoalmente gosto no Blackpoint é que ele tem sabor bem pronunciado e boa complexidade, satisfazendo desde as primeiras baforadas.

Dunhill Early Morning → Presbyterian Mixture

Os “Big Three” de Dunhill foram Nightcap, My Mixture 965 e Early Morning, em ordem decrescente do conteúdo da Latakia e da força geral.

Existem fumantes que tinham fortes preferências por um desses três, bem como aqueles que desfrutavam de todos eles em diferentes momentos do dia. Os devotos do Early Morning fumavam durante todo o dia, pois é o que muitos consideram o “inglês para o dia inteiro”, mas multidões de fumantes também o fumavam com uma xícara de café da manhã.

O blend consistia em oriental como protagonista, Virgínias tostadas e o Latakia servia apenas como um condimento, fornecendo um pano de fundo de fumaça sutil e profundidade de sabor.

Embora existam muitas misturas orientais e inglesas mais leves disponíveis hoje em dia, os fumantes do Early Morning Pipe certamente gostarão de minha sugestão, o Presbyterian Mixture.

003-054-0001

O Presbyterian Mixture tem um caráter oriental robusto, os Virgínias naturalmente adocicadas são habilmente misturadas com um toque de Latakia, proporcionando uma experiência suave que deve agradar a quem procura aquele sabor tradicional da mistura inglesa, que era fornecido pelo Early Morning.

Royal Yacht → Dreams of Kadath

O Royal Yacht começou sua vida como uma “My Mixture” na loja de Alfred Dunhill, mas pouco tempo depois se tornou um de seus blends incrivelmente populares. Um antigo catálogo da Dunhill da década de 1920 refere-se à mistura como sendo composta por Virgínias “Shade Grown”. Essa mistura é encorpada e possui um aromatizante frutado,  que os confrades tem discutido há muito tempo, mas o consenso geral é que ele é derivado da ameixa.

O Royal Yacht tem sido um dos meus tabacos favoritos, e foi o que eu mais senti quando foi anunciado sua descontinuidade. Na verdade, ele é tão único que foi difícil eu achar outro para seu lugar, no entanto, acredito que tenho uma mistura que o deve substituir a contento e que atende aos requisitos de força e sabor, e essa mistura é o Cornell & Diehl Dreams of Kadath.

003-016-0324.9004

O corte não é o fino “esfregado” que conhecíamos com a Royal Yacht, mas sim um plug, mas se você não se importa com um pouco de trabalho extra com o tabaco, ele deve servir muito bem. Dreams of Kadath é uma mistura de Virginias, Kentuckys, Black Cavendish, Perique, Burley e Katerini mais escuros, que foram levemente adicionados com uma essência bem agradável.

A primeira vista, essa mistura pode parecer não ter semelhanças com o Fumo Dunhill,  mas desde as primeiras puxadas o sabor se mostra bem semelhante.

Elizabethan Mixture → G. L. Pease Stratford

Considerado por muitos a mistura Vaper por excelêmcia, o Elizabethan Mixture era um tabaco robusto com um toque de frutas e um toque de especiarias. Fumei bastante este blend e sempre me pareceu ser uma mistura de Virginias brilhantes, Virginias Escuros e uma adição leve de Perique (minha estimativa é de 5 a 8%).

Esse blend parece simples mas foi um desafio e tanto encontrar um substituto adequado. Minha sugestão é o G.L. Pease Stratford (Classic Series), e embora eu ache que ele seja um pouco mais brilhante que o Elizabethan, o sabor é muito parecido.

003-029-0034.1776

Stratford é uma mistura de virgínias vermelho escuro e virgínias dourado brilhante com a quantidade certa de Perique. Picante, doce e forte o suficiente para causar uma boa impressão, acredito que quando os fãs da Mistura Elizabethana descobrirem essa joia, ficarão muito satisfeitos.

Dunhill London Mixture → Westminster

Essa mistura sempre foi a preferida dos fãs de misturas orientais, com um fundo de Latakia e Virgínia suficiente para dar estrutura. O perfil geral do sabor era de especiarias, um toque amadeirado com uma pitada de doçura e turfa, não muito diferente de um whisky single malt.

003-029-0052.3248

Não foi difícil fornecer minha recomendação para esse tabaco, pois Greg Pease, dono da marca G.L. Pease sempre foi bastante claro que o Westminster era sua homenagem ao London Mixture e, pessoalmente, acho que Greg acertou em cheio. Com base em anos de experimentação e pesquisa meticulosa sobre a London Mixture original de Alfred Dunhill, Westminster é o produto do esforço exaustivo de Pease e certamente será um excelente substituto.

Dunhill Flake → Capstan Flake

Um Virginia Flake doce e de força média, o conceito do Dunhill Flake era tão simples quanto seu nome: Virginia simples, não adulterado e amadurecido, apresentado em flocos puros. Alguém poderia assumir que um conceito tão básico seria fácil de combinar, mas infelizmente esse não é o caso. Fumei muitos Flakes Virgínias e achei que seria muito fácil encontrar um equivalente satisfatório, mas depois de experimentar vários achei que todos eram diferentes demais para recomendar. Orlik Golden Sliced? Muito doce. Full Virginia Flake? Muito escuro. Mac Baren Virginia Flake? Muito intenso.

003-581-0002.2788

Finalmente, cheguei a um flake que achava que poderia recomendar, e acabou sendo um produto que, como Dunhill Flake, já foi fabricado na Grã-Bretanha,  o Capstan Flake (azul). Embora o Capstan seja apenas um pouco mais doce e tenha um tom de nozes menor que o Dunhill Flake, acho que os celebrantes do Dunhill’s Flake encontrarão notas familiares e talvez um novo favorito.

Dunhill Dark Flake → Wessex Campaign Dark Flake

O Dunhill’s Dark Flake tem uma doçura de melaço com um toque de frutas escuras.  Uma mistura de Virgínias e um toque de Perique, os tabacos foram prensados e fermentados para criar um produto verdadeiramente delicioso que traz ao fumante um sabor rico e maltado de Virgínias, além de proporcionar uma nota levemente doce.

003-068-0020

Depois de acender alguns fornilhos, concluí que o Wessex Campaign Dark Flake é realmente o flake mais próximo de Virgínias disponível para o Dark Flake da Dunhill. Surpreendentemente semelhante, embora talvez um pouco mais doce, o Wessex  certamente satisfará aos amantes do Dunhill Dark Flake.

banner-blogs

De Luxe Navy Rolls → Escudo Navy Deluxe

Alfred Dunhill descreveu seu De Luxe Navy Rolls como “Tabaco Africano e Perique cortado em moedas”. Uma coisa que notei foi que outros tabacos cortados em moedas do seu tipo eram um pouco mais encorpados e tinham um toque a mais de especiarias, o que me leva a especular que pode haver apenas um toque de tabaco africano curado na mistura (estou pensando em cerca de 5%, talvez até menos).

Experimentei várias variedades diferentes de moedas e desfiados, até que decidi o que era certamente o mais óbvio: o Escudo.

003-001-0001

O Escudo tem muitos seguidores dedicados e é considerado pela grande maioria do mundo de fumantes VaPer como o padrão-ouro para o estilo, e eu ouso dizer que qualquer pessoa que goste do Dunhill De Luxe Navy Rolls pode comprar uma lata de Escudo sem medo de ficar desapontado.

É sempre uma tarefa difícil encontrar um tabaco que preencha o vazio deixado por um fumo descontinuado, e sempre haverá quem discorde das nossas sugestões. Se você, leitor e confrade, tiver alguma outra sugestão de fumos que considera boas substituições  de outros fumo descontinuados, sinta-se à vontade para compartilhar suas descobertas nos comentários!

Muitos destes fumos para cachimbo, você encontra no www.cachimbosonline.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s